Vacaria, 27/09/2020

14/09/2020 “Manchetes do Boletim Diário de TRIGO, SOJA e MILHO de 11.09.2020”

Manchetes do Boletim Diário de TRIGO de 11.09.2020

* FARINHAS DE PANIFICAÇÃO

* FARINHAS INDUSTRIAIS

* FARELO

* RIO GRANDE DO SUL: Mais um dia sem cotações no mercado gaúcho de trigo

* SANTA CATARINA: Moinhos aguardando a safra, a maioria abastecidos até o final do mês

* PARANÁ: Poucas ofertas, produtor ainda priorizando a colheita que deverá atingir 1,7 milhão de toneladas nesta semana

* TRIGO EM MINAS GERAIS: Faltando colher 20%, preço volta a subir para R$ 1.100,00/t

* TRIGO NO CEARÁ: Primeira colheita de trigo no Ceará atinge 5.300 kg/hectare em 75 dias entre plantio e colheita

* TRIGO PARAGUAIO: Trigo paraguaio chega ao Oeste do PR a R$ 1.092,5/t, abaixo do preço do trigo novo local

* TRIGO ARGENTINO: Preços FOB continuam subindo para safra nova

* TRIGO URUGUAIO: Safra se desenvolve bem e poderá atingir 780 mil tons; preços ao redor de US$ 222 FOB

* TRIGOS IMPORTADOS: Preços finais do trigo argentino nos moinhos do Sul subiram para os meses futuros

* De São Paulo para cima o preço do trigo argentino terminou o dia em alta

* MERCADO INTERNACIONAL: Hoje não houve mercado, só propostas e o USDA

* ANÁLISE DO CÂMBIO: O dólar sobe 0,27% para R$ 5,3334 com mau humor global

* ARGENTINA: Preços FOB de exportação e sobre rodas nos portos do UpRiver fecharam estáveis nesta sexta-feira

* CHICAGO: Cotações foram derrubadas pelo relatório do USDA

Manchetes do Boletim Diário de SOJA de 11.09.2020

* ANÁLISE DOS PREÇOS: O que esperar do mercado de soja?

* No RS alta de Chicago não alterou preços da soja nesta sexta-feira

* No Paraná, como o dólar só subiu depois que fechou a sessão de Chicago, os preços permaneceram inalterados

* No Mato Grosso do Sul, com pouca disponibilidade (mais 98% vendido) poucas vendas

* No Mato Grosso o mercado esteve bem travado; maiores volumes foram para 20/21

* No Cerrado o mercado andou de lado, com poucos negócios e preços quase inalterados

* RELATÓRIO DA CHINA: Vendas e cortes nas culturas impulsionam futuros mais altos

* SUB-PRODUTOS-Mercado interno: Fechamentos mistos para o farelo

* SUBPRODUTOS- Mercado internacional: óleo de soja fechou em baixa na Europa e baixa na China

* FUNDAMENTOS: USDA anuncia dados altistas para a safra velha e neutra para safra nova

* CHICAGO: USDA impulsionou fortemente as cotações

* ANÁLISE DO CÂMBIO: O dólar sobe 0,27% para R$ 5,3334 com mau humor global

Manchetes do Boletim de MILHO de 11.09.2020

* Para onde irão os preços do milho?

* No RS vendedores já falam em preços entre R$ 64,00/65,00 FOB, como previmos

* Em Santa Catarina os consumidores de milho continuam se abastecendo principalmente do Mato Grosso do Sul

* No Paraná, mesmo com pouquíssimas ofertas, os preços andando de lado

* No Mato Grosso do Sul os preços voltaram a subir com boa demanda dos estados do Sul

* No MT usinas e granjas retomaram as compras e preço se mantém firme

* No Cerrado, Goiás negociou 2020, 2021 e 2022

* MILHO IMPORTADO – Preços do milho paraguaio fecharam em alta nesta sexta-feira

* O preço do milho chegaria a R$ 74,50 e o americano a R$ 79,58

* TENDÊNCIAS DAS CARNES: Frango fechou a semana em alta e boi em baixa

* MERCADO INTERNACIONAL: Quarto maior exportador mundial de milho Ucrânia começa a colher, mas volume fica 88% atrás de 2019

* FUNDAMENTOS: Corte na produção de milho dos EUA leva à queda de 6 milhões de toneladas nos estoques finais

* Mercado os preços fecharam novamente em alta numa sexta-feira, o que é muito promissor

* CHICAGO: Mercado fechou positivo por quebra nos EUA e febre supina na Alemanha

 
14 de setembro, 2020